contato@racoescoltdog.com.br
35 98876-6553

Frutas e legumes são opção de petisco para os pets

Rações Colt Dog > News > Dicas e Novidades > Frutas e legumes são opção de petisco para os pets

Frutas e legumes são opção de petisco para os pets

Posted by: webmundo
Category: Dicas e Novidades

Frutas e legumes são alimentos comuns no dia a dia dos seres humanos, mas eles também podem ser oferecidos aos pets. Como petisco são uma ótima alternativa no lugar de biscoitos e palitinhos comestíveis, por exemplo. Isso porque são ricos em água e fibras.

Segundo a médica veterinária Luciana Domingues de Oliveira, especialista em nutrição de cães e gatos que atua em Sorocaba (SP), há poucas restrições em relação ao consumo dos petiscos naturais, mas é importante entender o papel dele na alimentação do pet.

A especialista explica que os petiscos podem ser oferecidos pelos tutores como “agrado”, porém não devem representar mais de 10% da necessidade de ingestão de calorias diária do animal, independente de ser um alimento industrializado ou natural. Esse cálculo das calorias é feito em consultório e leva em consideração diversos aspectos, como peso do animal, raça, atividade física, castração, entre outros.

Ainda segundo ela, os petiscos naturais podem ser oferecidos tanto para os cães, quanto para os gatos. No entanto, os cachorros costumam aceitar com mais facilidade esses alimentos. Alguns exemplos de frutas e vegetais populares que podem ser oferecidos são: melão, melancia, mamão, maçã, manga, pera, banana, laranja, mexerica, abacaxi, abacate, caqui, pepino, abobrinha, abóbora cabotiá, cenoura, chuchu, berinjela, brócolis, couve-flor, ervilha torta, vagem, etc.

A médica veterinária explica que existem mitos sobre alguns alimentos, como é o caso do abacate. De acordo com ela, a fruta não é tóxica para os animais, mas devem ser removidos a casca, as folhas e o caroço. As frutas cítricas, como a laranja e o abacaxi, também não causam mal-estar e estão liberadas. Já a uva e a uva passa são alimentos proibidos para cães e gatos.

Author: webmundo

Deixe uma resposta